quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Mais de 230 diretores de escolas tomam posse no Teatrão


A Escola é um ‘braço’ do governo do Estado, e, às vezes, o único do Poder Público na comunidade. Ela é referência para muitas populações que encontram na escola a resposta para os seus anseios e suas necessidades”. A frase, proferida pelo secretário de Estado de Educação, Marco Brandão, retratou com clareza o papel das instituições públicas de ensino no Acre, durante a cerimônia de posse dos novos diretores, ocorrida nesta quarta-feira, 3, no Teatro Plácido de Castro, o Teatrão.

Os profissionais que assumiram as cerca de 660 escolas da rede estadual, considerada proporcionalmente uma das maiores do país, foram selecionados de acordo com a Lei 1.513/2013, a Lei de Gestão Democrática e cumpriram uma série de ritos, entre eles a certificação pelo Instituto Dom Moacyr, o curso preparatório, exames presenciais e a elaboração de projetos. Por último, foram submetidos à vontade popular, nas eleições.

Na mensagem de boas-vindas do secretário, a recomendação aos novos profissionais foi a de que “não podemos ter escolas-gaiolas, e sim, que estejam de portas abertas, na sua plenitude, para a construção do saber”.

No total, foram 235 diretores eleitos, sendo que em Rio Branco, 90 deles são da zona urbana e outros 24, da rural. A cerimônia começou com a apresentação do Coral da Escola Leôncio de Carvalho, seguida da saudação de Evaldo Viana, diretor de Gestão Estratégica da SEE. “Se a educação é um sacerdócio, então entre os diretores de escolas não pode haver ódio no coração, mas muito amor e compreensão para lidar com as situações do dia a dia escolar”, disse.

Homenagens foram feitas à professora Fátima do Nascimento Marçal, 44 anos, que faleceu no dia 18 de dezembro de 2015, vítima de um câncer, e que também se preparava para se tornar diretora.


Participaram também da cerimônia de posse, a vereadora Rose Costa, os deputados Daniel Zen e Jenilson Leite, a presidente do Instituto Dom Moacyr, Rita Paro, a professora Iris Célia Cabanellas Zannini, presidente do Conselho Estadual de Educação do Acre, além do secretário-adjunto de Educação, Moisés Diniz e da Jarcilene Castro, presidente do Conselho dos Diretores de Escolas do Acre.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário