sábado, 28 de maio de 2016

Diretores e gestores debatem projetos Poronga e PEEM

A Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), por meio da Coordenação do Poronga, reuniu diretores e gestores das escolas de Rio Branco para debater as experiências pedagógicas e os resultados parciais dos projetos que estão sendo desenvolvidos.

O encontro foi coordenado pela professora Emilly Ganum Areal, coordenadora-geral dos Projetos Poronga e PEEM.

Ela explicou aos presentes o funcionamento do programa a partir deste ano de 2016, quando a principal mudança está na realização de um exame especial para os alunos acima de 15 anos para desfazer a distorção idade/série.

Outro assunto debatido foi a experiência pedagógica nos centros socioeducativos, já que podem se inscrever no PEEM somente alunos com idade acima de 17 anos. Nesse caso, para o jovem que está nos centros e não chegou a essa idade, a SEE vai oferecer o ensino médio regular.

“Tínhamos um desafio de construir uma proposta pedagógica para quem está nos centros socioeducativos e, com isso, vamos oferecer o ensino médio para os alunos que ainda não têm idade para ingressar no PEEM”, disse a professora Emilly Ganum.

Os professores e gestores também debateram sobre as avaliações diagnósticas, que têm a função de perceber o nível de habilidade dos alunos e, a partir disso, elaborar estratégicas para trabalhar com os alunos que estão ingressando tanto no Poronga quanto no PEEM.

Outras avaliações realizadas durante a reunião foi a participação dos alunos no Projeto Viver Ciência e a participação dos alunos do PEEM no Enem deste ano.

Em relação ao Viver Ciência, a meta é aumentar a participação dos alunos, e em relação ao ENEM, a ideia é proporcionar portas de acesso ao ensino superior.

Agência de Notícias do acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário