quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Educação: Projovem forma mais de 200 alunos em Rio Branco

Cerimônia de formatura acontece nesta terça-feira, 11, às 19h no Teatrão

A Prefeitura de Rio Branco e a Secretaria Municipal de Educação (SEME), por meio da Coordenação do Projovem Urbano, realizam nesta terça-feira, 11, às 19h, no Teatro Plácido de Castro, cerimônia de Formatura de mais de 200 alunos do Projovem Urbano.

O evento marca a conclusão do curso oferecido a 203 jovens nos três núcleos do programa na capital (escolas Dr. Mário de Oliveira (Cerâmica), Heloísa Mourão Marques (ladeira do Bola Preta) e Instituto Lourenço Filho (Bosque).

O que é o Projovem Urbano

O Projovem é um programa que contempla a formação básica, qualificação profissional e participação cidadã. O curso tem duração de 18 meses, divididos em 6 unidades formativas com duração de três meses cada uma. São ao todo 1.440 aulas de formação básica e 560 horas de qualificação profissional. É um curso que torna o estudante apto a entrar no ensino médio em condições de disputar vagas no mercado de trabalho.

Desde o ano de 2006, quando foi implantado em Rio Branco, o Projovem Urbano oportunizou a escolarização de mais de 10 mil pessoas, que passaram pelo programa. Boa parte desses estudantes chegou à universidade.

O Projovem em Rio Branco

No ano em que foi implantado em Rio Branco, O Projovem Urbano alcançou mais de 6.000 pessoas. A partir de 2008 o programa passou a funcionar de maneira integrada em quatro diferentes modalidades. Projovem Adolescente, Projovem Trabalhador, Projovem Urbano e Projovem Campo. Esse formato tem como meta permitir que jovens sejam reintegrados ao processo educacional e, desse modo, recebam qualificação profissional, tenham acesso a ações de cidadania, esporte, cultura e lazer.

Em Rio Branco, a Prefeitura cumpre todos os benefícios devidos aos estudantes, como o pagamento do auxílio financeiro no valor de R$100,00 por mês, por aluno durante 18 meses, bem como o material didático, livros e materiais escolares e jantar, além de educadores para o acolhimento aos filhos dos alunos do programa. Em cada núcleo que se oferta o Projovem Urbano, uma das salas funciona como creche. As crianças recebem atenção e tudo o mais que precisam para sentirem-se confortáveis enquanto a mãe ou o pai estuda.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário