terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Audiência pública debate proposta de ensino médio em tempo integral

Professores debatem em audiência nova escola em tempo integral (Foto: Mardilson Gomes/SEE)
A Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) e a comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) realizaram nesta segunda-feira, 12, uma audiência pública sobre a implantação de escolas de tempo integral no ensino médio.

A audiência contou com a presença do secretário Marco Brandão (SEE), da diretora do Instituto Dom Moacyr (IDM), Rita Paro, da presidente do Conselho Estadual e Educaçaõ (CEE), professora Iris Célia Cabanelas Zanini, além de professores da rede pública.

O secretário Marco Brandão explicou que a implantação das escolas de tempo integral irá se aproximar da realidade dos alunos. “Essa nova escola terá o foco central no projeto de vida dos alunos, no seu protagonismo, além de uma formação de excelência”, disse.

No Acre, o governo do Estado, por meio da SEE, implantará inicialmente sete escolas de ensino em tempo integral na zona urbana em Rio Branco. Depois, outras cinco escolas no interior passarão pelo mesmo processo de transformação do ensino.

Nesse primeiro momento, passarão a oferecer ensino integral as escolas que tenham minimamente a infraestrutura necessária, ou seja, pelo menos dez salas de aula, auditório e quadra esportiva. “Depois virão as reformas, como aumentar banheiros e criar laboratórios”, explicou o secretário.

“Uma das regras da escola em tempo integral é a perfeita convivência entre todos os setores da comunidade escolar, como a gestão, professores, técnicos de apoio, alunos e até os pais, que fazem parte do acolhimento que a gente faz dentro dessa nova escola”, afirmou.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário