quarta-feira, 22 de março de 2017

Acre é único estado brasileiro a cumprir as metas do Censo Escolar 2016


O Acre foi o único Estado brasileiro que conseguiu concluir 100% das etapas do Censo Escolar da Educação Básica 2016. O levantamento de dados estatísticos sobre a situação de ensino no país é realizado em todo o território nacional.

A pesquisa, realizada anualmente pelas 27 Unidades da Federação, consiste na elaboração de um relatório detalhado sobre a situação de todas as escolas e estudantes brasileiros.

No Acre, está à frente do Censo a Divisão de Estudos e Pesquisas Educacionais (Depe), da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE). No ano de 2016, o órgão registrou e atualizou as informações de 268.958 matriculados, de 1.635 instituições da região. Tornando-se assim o primeiro e único a atingir todas as metas do Ministério da Educação (MEC) no ano de 2016.

“Esse é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica, uma vez que abrange as diferentes etapas e modalidades de ensino e gera um diagnóstico em âmbito nacional”, explica Glauber Abecassis, chefe do departamento.

De acordo com Abecassis, a explicação para o Acre conseguir se destacar e ficar à frente de todas as grandes metrópoles se deve ao empenho coletivo da SEE e municípios acreanos: “Trabalhamos com escolas públicas e particulares, estaduais e municipais. São quase duas mil escolas, mas nossa equipe trabalhou em conjunto com gestores de todas as localidades, para que conseguíssemos atingir 100%”, comemora.

Somente o Acre conseguiu cumprir as metas do Censo Escolar 2016

Etapas

O Censo é realizado em duas etapas. Na primeira são coletadas informações sobre infraestrutura, dependências, equipamentos, etapas e modalidades de escolarização oferecidas. Nessa fase ainda é indicado o perfil individual dos alunos: sexo, cor/raça, idade, ciclo de ensino, nacionalidade, local de nascimento, turma, utilização de transporte escolar e se é ou não portador de deficiência.

A segunda etapa do processo é o acompanhamento da Situação do Aluno, fase concluída no último dia 17 de março. Momento em que são informados o movimento e o rendimento do estudante. Se foi aprovado, reprovado, concluiu ou deixou de frequentar a instituição. Também, se o discente foi transferido ou faleceu.

Todas essas informações são inseridas na plataforma Educacenso, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No final é gerado um relatório (Censo Escolar) sobre a educação brasileira, disponibilizado pelo MEC.
Benefícios

Os dados servem para subsidiar políticas públicas de educação, bem como a distribuição de recursos da União a estados e municípios. É também a partir desse relatório, que é calculado o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e planejada a distribuição de recursos para alimentação, transporte escolar e livros didáticos, entre outros.

fonte: Agência de Notícias do acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário