quarta-feira, 29 de março de 2017

Desafios da Educação fazem parte das discussões do encontro para coordenadores de núcleo

Depois de uma viagem à Brasília, onde participou de importantes reuniões do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), o secretário de Estado de Educação e Esporte (SEE), Marco Brandão, participou de um encontro de coordenadores de núcleo, que ocorre em Rio Branco, desde segunda-feira, 27 e termina na sexta,31.

Marco Brandão destacou os desafios que precisam ser enfrentados, sobretudo em relação à alfabetização. Lembrou que, atualmente, 85% das crianças são alfabetizadas, mas que é preciso avançar e priorizar o processo de leitura nas três primeiras séries do ensino.

Falou também dos avanços do governo do Estado nos últimos anos na Educação e lembrou que o Acre é o único da federação que está reajustando os salários dos servidores este ano, além de ser um dos poucos que mantém os vencimentos de todos os trabalhadores em dia.
Marco Brandão quer aprofundar o diálogo com a comunidade escolar (Foto: Assessoria/SEE)
Sobre as escolas em tempo integral, além das sete que já iniciam as aulas no dia 3 de abril na capital, o desafio para o ano que vem é avançar com esse modelo no interior. “Vamos fazer com que cada regional do nosso estado tenha pelo menos uma escola em tempo integral já em 2018”, disse.

E para que as ações da Educação possam dar certo são necessárias parcerias. O presidente do Consed, Idilvan Alencar, que é secretário de Educação do Estado do Ceará, vem ao Acre nesta sexta-feira, 31, para participar da aula inaugural das escolas em tempo integral.

Marco Brandão lembrou que no Ceará foi feito um pacto pela educação e, hoje, 70 escolas do estado estão entre as melhores do Brasil. “Precisamos socializar experiências, pois eles também podem ter programas que já possuímos aqui e que deram certo”, lembrou.

Mas há muitos desafios que precisam ser enfrentados e vencidos, como a evasão e repetência, que ainda são realidade em algumas regionais. “Por isso precisamos focar e trabalhar na universalização do acesso e também na permanência do aluno na escola com uma educação de qualidade”, afirmou.

fonte: Agência de Notícias do Acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário