terça-feira, 7 de março de 2017

Jovens batem papo com secretário de Educação


Eles são jovens, fazedores de cultura, conectados e envolvidos com os movimentos sociais da mocidade acreana. Esse é o perfil dos frequentadores das atividades da Praça da Juventude, em Rio Branco.

O Secretário Estadual de Educação e Esporte, Marco Brandão, foi encontrá-los para uma conversa. Num ambiente que é a cara da moçada – colorido, dinâmico e descontraído – o bate-papo foi realizado na praça, localizada no Segundo Distrito da capital.

Informal também foi o tom da conversa, que durou quase três horas. “Foi muito bom recebê-lo aqui, ele é leve, tem uma cabeça jovial e nos entende muito bem. Poder contar com autoridades assim é essencial para que possamos desenvolver as atividades na cidade”, conta Jucelice Souza, que participa do grupo.

“Vocês são formadores de opinião e lutam pelos interesses de outros jovens, por isso estou aqui, porque acredito no potencial e na importância do trabalho de vocês na transformação social”, disse Brandão.

Reforma do ensino

Brandão também falou da reforma do ensino médio e propôs parcerias. “Quero que juntos possamos criar ações integradas que beneficiem a nossa juventude e provoquem mudanças sociais. Vocês falam e entendem os anseios dos jovens, isso facilita o diálogo e nos ajuda a criar as ações certas nas áreas educativas, esportivas e culturais”, explica.

FEC

A Secretária Municipal da Juventude, Temyllis Silva, disse que o apoio do chefe da pasta da educação é fundamental, já que o maior público da secretaria são os alunos do ensino médio.

“Nós temos uma parceria muito forte com a Secretaria de Educação, o Brandão sempre manteve diálogo constante conosco, e isso tem contribuído para o sucesso de grandes projetos, como o Festival Estudantil da Canção, que vem se consolidando como um dos maiores eventos do calendário escolar acreano”, explica.

Segundo a gestora, a meta é unificar as ações das duas secretarias: “Além das atividades que desenvolvemos nas escolas, existe a Praça da Juventude, que funciona como um centro cultural, com quadra, biblioteca e telecentro. Com o novo modelo do ensino médio, a ideia é unir e intensificar ainda mais as ações. A parceria vai ajudar a nos adaptar à nova realidade”, ressalta a secretária.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário