terça-feira, 26 de setembro de 2017

SARAU DO "QUERO LER" FOI REALIZADO COM SUCESSO


A Coordenação do Programa Quero Ler do município de Tarauacá realizou na última sexta-feira, 22 de setembro, o Sarau Literário envolvendo coordenadores, professores e alunos do projeto que moram na zona urbana do município. Participaram também educadores convidados. O evento foi realizado no período da noite no espaço da escola estadual João Ribeiro, foi um sucesso. 


O coordenador do Quero Ler em Tarauacá, professor Francisco Silva de Souza, o “Moço”, diz que o sucesso do programa em Tarauacá deve-se ao empenho do governo do estado e de todos os educadores envolvidos. "Nosso objetivo com a atividade, é de socializar as atividades desenvolvidas e compartilhar aprendizagem entre alfabetizandos e alfabetizadores", disse. 


O Sarau foi repleto de atividades como como poesias, músicas, dramatização, danças, jogral, repente, depoimentos, paródias, jantar, forrozão e homenagens aos aniversariantes. 


"A diversão foi pra todos e não faltou alegria e emoção do início até o final. Essas foram algumas formas de expressão cultural e aproveitamos para parabenizar e agradecer a SEE representada pela professora Francisca Aragão, coordenadores, patrocinadores, professores e apoiadores", finalizou o coordenador. 


Ao todo são 850 jovens e adultos que estão tendo a oportunidade de ter acesso às letras nesta terceira fase do Programa no município de Tarauacá. 

















fotos: coordenação quero ler

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

EQUIPE DA EJA RECEBE REITOR DA UFAC PROFESSOR DOUTOR MINOURO KIMPARA


O Reitor da Universidade Federal do Acre Professor Doutor Minouro Kimpara, esteve nesta segunda feira, 20 de setembro, ministrando uma palestra motivacional, tendo por base a Universidade federal do Acre e os desafios da juventude na hora de decidir o futuro. 


O mesmo foi bem acolhido pela equipe da EJA Nível Médio, na pessoa do coordenador pedagógico Edmundo Maciel e os professores.


Já os estudantes gostaram muito e se mantiveram atentos durante o momento,além de participarem fazendo alguns questionamentos. Momento de conscientização para jovens que muito precisam destes momentos.

Por Marina Machado
Educação de Jovens e Adultos - EJAS
Tarauacá-Acre

Conheça os ganhadores do concurso de blogs e curtas-metragens realizado na Viver Ciência

Ganhadores foram premiados com cheques cujos valores variam entre R$ 400 e R$ 1.000 (Foto: Ariel Lima)
Buscando incentivar a cultura digital dentro das escolas, a Secretaria de Educação e Esporte (SEE), por meio da coordenação de tecnologia educacional realizam concurso de blogs e curtas metragens dentro da programação da Viver Ciência. O concurso já acontece há três anos e serve como incentivo à participação dos alunos em relação à tecnologia.

Cleice Moreira, coordenadora de tecnologia educacional e integrante da comissão que avaliou os trabalhos conta que o concurso é uma forma de fomentar o uso das tecnologias dentro das escolas e é também uma ferramenta de participação democrática. “O blog é uma forma de mostrar para a comunidade escolar os eventos e acontecimentos das escolas como um local de divulgação das ações”, diz.

Os curtas-metragens são vídeos de no máximo 5 minutos, feitos pelo celular. O NTE forneceu oficinas de vídeo, aulas sobre roteiro, enquadramento e técnicas voltadas para produção de vídeo, para os alunos como forma de motivação.

Os temas são voltados à vida escolar e também assuntos transversais, fazendo referência ao tema da terceira edição da mostra Viver Ciência, “Unindo Saberes”. A comissão avaliadora classificou os ganhadores segundo os critérios de atualização, qualidade das informações, uso de logomarcas oficiais, informações escolares, comunicados, produção e projetos. “É uma forma de a escola divulgar e concentrar as ações, para que sirva como um recurso de consulta e memória”, conta a avaliadora.

Os blogs que já têm atuação mais extensa, ou seja, tempo de atuação maior, conseguem pontuação elevada, pois esse tempo representa uma acuidade maior daquele trabalho. Na comissão há profissionais da área do cinema e educação, como por exemplo, o cineasta acreano Adalberto Queiroz. Consultores e técnicos também integraram a comissão.

O objetivo do concurso é que, ao longo do tempo, a ação se consolide e já fique no calendário da secretaria e das escolas, sendo complemento das atividades escolares.
Sobre a premiação

Além da premiação em dinheiro os ganhadores e a escola ganharão também um certificado de participação do evento.

10 lugar Curtas-metragens: 600 reais.

10 lugar blogs: 1000 reais, 20 lugar: 600 reais, 30 lugar: 400 reais.
Vencedores Viver Ciência 2017
Blogs

10º lugar : Escola José Ribamar Batista

20º lugar: Escola Dr. Djalma da Cunha Batista

30º lugar: Escola João Batista Aguiar
Curtas

Categorias: EJA/PEM

10º lugar: “De volta para a escola”, escola Airton Senna da Silva

Categoria: Fundamental II

10º lugar: “Ciência e seus Saberes”, escola Elozira dos Santos Thomé

Categorias: Ensino Médio

10º lugar: “Piso Ecológico”, escola Rural Ena Oliveira

Assessoria SEE

Programa Quero Ler realiza Sarau Literário em Tarauacá


A Coordenação do Programa Quero Ler do município de Tarauacá realiza hoje, sexta feira, 22 de setembro, o Sarau Literário. A atividade acontece na Escola João Ribeiro, a partir das 18h.

Sob a responsabilidade da Secretaria de Educação e Esporte (SEE), o Programa é uma iniciativa do governador Tião Viana para erradicar o analfabetismo em todo o Estado do Acre.

Do Sarau Literário participam os alunos da zona urbana e até alguns da zona rural. Ao todo são 850 jovens e adultos que estão tendo a oportunidade de ter acesso às letras nesta terceira fase do Programa no município.

O coordenador do Quero Ler em Tarauacá, professor Francisco Silva de Souza, o “Moço”, explica que, além do Sarau, já estão abertas as inscrições para mais 1,5 mil vagas para a quarta fase do Programa. Elas se encerram no dia 6 de outubro.

Ao todo, o desafio do governo do Estado, até o final de 2018, é permitir a 60 mil jovens e adultos nos 22 municípios acreanos o acesso ao universo das letras, fazendo-os descobrir um novo mundo.

(assessoria SEE)

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO FAZ ENTREGA DE VEÍCULO PARA POLICIAMENTO ESCOLAR

Professora Francisca Aragão faz entrega de veículo para Polícia Militar.
Em nome do Governo do Estado do Acre, a Professora Francisca Aragão, Coordenadora do Núcleo Estadual de Educação, entregou oficialmente ao Comandante da Polícia Militar do 7º Batalhão da PMAC, Coronel Jeferson Ruiz, um veículo para ser utilizado pela instituição destinado ao policiamento escolar. 

Para a professora o governo tem se preocupado e realizado muitos investimentos na segurança pública do nosso Acre. "São diversos investimentos no aparelhamento das nossas forças de segurança, realização de concurso para contratação de mais efetivo. A segurança no entorno das escolas é de fundamental importância para proteger o trabalho de nossos profissionais da educação e também garantir a segurança de nossos alunos", comentou.

Para o Comandante da Polícia Militar Coronel Jeferson Ruiz, esse trabalho já vinha sendo realizado desde sua chegada aqui em Tarauacá. "Além do trabalho ostensivo nas ruas, estamos mantendo visitas em algumas escolas onde fazemos palestras e desenvolvemos algumas atividades na área de educação. A intenção é ampliar a presença da polícia militar nas escolas. Temos programas como o PROERD e Educação no trânsito. Estamos estamos envolvendo outros Policiais Militares nessa causa. O veículo veio em boa hora e é um dos antigos desejos que tínhamos para poder facilitar o deslocamento desses Policiais Militares para desenvolver os trabalhos dentro das escolas", disse o oficial.  

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ESCOLA DJALMA BATISTA RECEBE COMISSÃO ESTADUAL DE AVALIAÇÃO DO PRÊMIO DE GESTÃO ESCOLAR 2017.

Equipe gestora e comissão estadual de avaliação
A Escola de Ensino Médio Djalma Batista do Município de Tarauacá, recebeu na tarde desta quarta feira (20), a Comissão Estadual de Avaliação da 16ª Edição do Prêmio de Gestão 2017.

Diretor Ivonaldo e comissão de Avaliação
A comissão, composta pelos Professores Jair Moura (SEE), Daryl Abejdid (SINTEAC), Izaneide Prado (SIMPROACRE), Tiêta Anastácio (CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - RB), Elizânia Wolter (CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO  - RB), foi recebida pelo Diretor Professor Ivonaldo e toda sua equipe gestora.

Visita aos espaços da escola

A comissão visitou todos os espaços da escola, conversou com estudantes, professores, servidores de apoio administrativo, pais e equipe gestora. Por fim, a comissão analisou documentos e fez diversas anotações. 


A Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Djalma da Cunha Batista do Município de Tarauacá está entre as 10 finalistas do Prêmio de Gestão Escolar 2017 e vai disputar a grande final da Etapa Estadual em Rio Branco no final do mês de Setembro. 


Confira os finalistas: 

Nome da escola - Município - Rede 

Divina Providência - Cruzeiro do Sul - Estadual 
Djalma Batista - Tarauacá - Estadual 
Valério Caldas - Cruzeiro do Sul - Estadual 
Edmundo Pinto - Porto Acre - Estadual 
Francisco Leitão - Feijó - Estadual 
Instituto Santa Juliana - Sena Madureira - Estadual 
Jader Saraiva - Porto Acre - Estadual 
José Augusto - Tarauacá - Municipal 
Raimundo Magalhães - Sena Madureira - Estadual 
Ruy Azevedo - Rio Branco - Estadual















quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Prêmio de Gestão Escolar vai conceder mais de R$ 42 mil a escolas do Acre

SECOM/AC - A coordenação da 16ª edição do Prêmio Gestão Escolar divulgou nesta terça-feira, 19, a relação das dez escolas finalistas da etapa estadual da premiação.

Apenas uma se consagrará campeã, em solenidade de premiação da fase estadual no próximo dia 29, no auditório da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), em Rio Branco.

A escola campeã na etapa estadual segue disputando a etapa regional, cuja vencedora será conhecida dia 20 de outubro, em grande festa no Acre.

No entanto, todas recebem premiação em dinheiro, neste dia 29 de setembro, na etapa estadual. A ordem é a seguinte: R$ 10 mil para o primeiro lugar, além de abono de 20% no salário dos servidores lotados na escola no mês subsequente ao prêmio. Para o 2º lugar, R$ 7,5 mil, para o 3º lugar, R$ 5 mil e do 4° ao 10° lugar, R$ 3 mil. A premiação total é de R$ 42,5 mil.

Ressalta-se ainda que o gestor da escola campeã também nesta fase estadual tem direito a participar de um intercâmbio nacional ou internacional.

As dez instituições de ensino foram classificadas por serem consideradas referência em gestão escolar, em 2017. Os municípios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Porto Acre foram os que mais classificaram suas escolas, duas de cada cidade. Rio Branco só teve uma eleita para a final.

Já entre os dias 19 e 20 do próximo mês, os olhares de toda a educação do Brasil estarão voltados para o Acre. O Prêmio de Gestão Escolar é uma iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e tem como coordenador nacional o secretário de Estado de Educação e Esporte do Acre, Marco Antonio Brandão Lopes.

“O prêmio tem caráter inclusivo e o de estimular nos gestores das escolas inovações que permitam agregar valor ao ensino, incentivando os jovens a serem atuantes e produtivos e evitando práticas que causem a evasão escolar, por exemplo”, afirma Brandão Lopes.

São parceiras do Prêmio de Gestão Escolar instituições como a própria SEE e a União Nacional dos Dirigentes Municipais, além da Universidade Federal do Acre, sindicatos e movimentos estudantis e a União dos Conselhos Municipais de Educação.

Eles selecionaram os avaliadores e coordenaram o processo seletivo em suas respectivas jurisdições, considerando os critérios descritos no edital do Prêmio.

Confira os finalistas:
Nome da escola Município RedeLocalização
Divina ProvidênciaCruzeiro do SulEstadualUrbana
Djalma BatistaTarauacáEstadualUrbana
Valerio CaldasCruzeiro do SulEstadualUrbana
Edmundo PintoPorto AcreEstadualRural
Francisco LeitãoFeijóEstadualUrbana
Instituto Santa JulianaSena MadureiraEstadualUrbana
Jader SaraiavaPorto AcreEstadualUrbana
José AugustoTarauacáMunicipalUrbana
Raimundo MagalhãesSena MadureiraEstadualUrbana
Ruy AzevedoRio BrancoEstadualRural

terça-feira, 19 de setembro de 2017

DUAS ESCOLAS DE TARAUACÁ ESTÃO ENTRE AS 10 CLASSIFICADAS PARA A FINAL DO PRÊMIO ESTADUAL DE GESTÃO ESCOLAR. 2017


Duas escolas do Município de Tarauacá estão entre as 10 finalistas do Prêmio de Gestão Escolar 2017. Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Djalma da Cunha Batista e Escola Municipal Professor José Augusto de Araújo, vão disputar a grande final da Etapa Estadual que acontece em Rio Branco no final do mês de Setembro. 

Estudantes da Escola Djalma Batista
O Prêmio de Gestão Escolar (PGE) é realizado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e, este ano, será coordenado pelo secretário Marco Brandão. Com isso, pela primeira vez, o Acre sediará a etapa regional Norte. Os olhares de toda a educação do Brasil estarão voltados para o Acre, entre os dias 19 e 20 de outubro. A etapa nacional será em Brasília. 

Diretor José Ivonaldo
Para o diretor da Escola Djalma Batista, Professor José Ivonaldo Benigno, o fato da escola estar  entre as 10 melhores avaliadas do Acre já é uma grande conquista da comunidade e da população de Tarauacá. "A Escola foi classificada por mérito de toda a equipe escolar em seus diversos segmentos. Inclua-se aí o esforço e dedicação dos nossos alunos, o compromisso dos pais e de toda a comunidade. Por fim, destaco às nossas parcerias com a sociedade civil organizada, poderes públicos e iniciativa privada, apoio do Núcleo Estadual de Educação e todas as as parcerias", destacou.

Secretário Municipal de Educação Rosenir Arsênio
O Secretário Municipal de Educação Professor Rosenir Arsênio, atribui a classificação da Escola José Augusto de Araújo, da Rede Municipal, aos esforços da SEME e de toda a Comunidade Escolar que juntas trabalham diariamente e se esforçam para melhorar cada dia mais os indicadores de crescimento da qualidade da educação oferecida na rede municipal de ensino. "Está de parabéns nossa escola, como também toda comunidade escolar. Estamos gratos pelo esforço dispensado por todos para melhorar significativamente nossos resultados que culminam nessas grandiosas conquistas e reconhecimento", finalizou.

Professora Francisca Aragão
Uma das maiores personalidades em Educação do Município de Tarauacá, Professora Francisca Aragão leite, atualmente Coordenadora do Núcleo Estadual de Educação, comemorou a classificação de duas escolas do município  e disse que isso tudo é resultado do esforço concentrados das equipes de profissionais da educação, do trabalho em conjunto para o desenvolvimentos de ações. "Agradecemos o trabalho de todos na realização de diversas atividades indispensáveis para o melhor desempenho da nossa educação, a exemplo da formação continuada, planejamentos, elaboração e o desenvolvimento das propostas pedagógicas, projetos pedagógicos alternativos desenvolvidos no interior das escolas, união dos fazedores de educação com a sociedade, investimentos dos governos na educação, nos profissionais, na melhoria das estruturas das escolas e o desejo de mudança dos nossos educadores", destacou a educadora. 


Prêmio de Gestão Escolar vai conceder mais de R$ 42 mil a escolas do Acre 

A Coordenação da 16ª edição do Prêmio Gestão Escolar divulgou nesta terça-feira, a relação das dez escolas que são finalistas da etapa estadual da premiação. 

Apenas uma se consagrará campeã, em solenidade de premiação da fase estadual, que acontece no próximo dia 29 deste mês, no auditório da Secretaria de Estado de Educação e Esporte, a SEE, em Rio Branco. 

A escola campeã na etapa estadual segue disputando a etapa regional, cuja vencedora será conhecida no próximo dia 20 de outubro, em grande festa no Acre. 

No entanto, todas recebem premiação em dinheiro, neste dia 29 de setembro, na etapa estadual. A ordem é a seguinte: 

R$ 10 mil para o primeiro lugar, além de abono de 20% no salário dos servidores lotados na escola, no mês subsequente ao prêmio. Para o 2º lugar, R$ 7,5 mil, para o 3º lugar, R$ 5 mil e do 4° ao 10° lugar, R$ 3 mil. A premiação total é de R$ 42,5 mil. 

Ressalta-se ainda que o gestor da escola campeã também nesta fase regional tem direito a participar de um intercâmbio nacional ou internacional. 

As dez instituições de ensino foram classificadas por serem consideradas referência em gestão escolar, em 2017. 

Os municípios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Porto Acre foram os que mais classificaram suas escolas, duas de cada cidade. Rio Branco só teve uma eleita para a final. 

Já entre os dias 19 e 20 do próximo mês, os olhares de toda a educação do Brasil estarão voltados para o Acre. O Prêmio de Gestão Escolar é uma iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Educação, o Consed, e que tem como coordenador nacional o secretário de Estado de Educação e Esporte do Acre, Marco Antonio Brandão Lopes. 

O prêmio tem caráter inclusivo e o de estimular nos gestores das escolas inovações que permitam agregar valor ao ensino, incentivando os jovens a serem atuantes e produtivos e evitando práticas que causem a evasão escolar, por exemplo”, afirma Brandão Lopes. 

São parceiras do Prêmio de Gestão Escolar instituições como a própria SEE e a União Nacional dos Dirigentes Municipais, além da Universidade Federal do Acre, sindicatos e movimentos estudantis e a União dos Conselhos Municipais de Educação. 

Eles selecionaram os avaliadores e coordenaram o processo seletivo em suas respectivas jurisdições, considerando os critérios descritos no edital do Prêmio. 

Confira os finalistas: 

Nome da escola - Município - Rede 

Divina Providência - Cruzeiro do Sul - Estadual 
Djalma Batista - Tarauacá - Estadual 
Valério Caldas - Cruzeiro do Sul - Estadual 
Edmundo Pinto - Porto Acre - Estadual 
Francisco Leitão - Feijó - Estadual 
Instituto Santa Juliana - Sena Madureira - Estadual 
Jader Saraiva - Porto Acre - Estadual 
José Augusto - Tarauacá - Municipal 
Raimundo Magalhães - Sena Madureira - Estadual 
Ruy Azevedo - Rio Branco - Estadual

O Acre nunca esteve tão em evidência quando o assunto é educação pública quanto agora, que está prestes a sediar a etapa da Região Norte da 16ª edição do Prêmio Gestão Escolar (PGE), uma iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Em 2017, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação e Esporte (SEE), coordena o certame. E por isso, uma série de visitas às escolas do interior do estado ttiveram que ser realizadas este ano.

O prêmio foi apresentado em todo o Estado por uma equipe da Secretaria Estadual de Educação.

Para o secretário Marcos Brandão, o prêmio tem esse caráter inclusivo, de estimular nos gestores da escola inovações que permitam agregar valor ao ensino, incentivando os jovens a serem atuantes e produtivos e evitando práticas que causem a evasão.

Mais de 34 mil escolas já participaram desde 1998

O Prêmio foi criado em 1998 e a partir de 2011 passou a ser bianual. Conta com o apoio do Ministério da Educação, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação e de entidades e instituições ligadas ao terceiro setor.

As escolas participantes se inscreveram no portal www.premiogestaoescolar.com.br, onde tiveram acesso a um instrumento de autoavaliação.

Desde quando foi criado, mais de 34 mil escolas de todas as regiões do país participaram e aproximadamente sete milhões de estudantes foram beneficiados com os projetos implantados pelos gestores inscritos. Neste período, 90 escolas chegaram à etapa final e foram premiadas com recursos financeiros e equipamentos, além de formação e intercâmbio para os diretores.

concorreram escolas do ensino regular da educação básica, das redes públicas estaduais/distrital e municipais. A restrição ficaram para as escolas e/ou os diretores que já tenham sido premiados como destaque estadual/distrital na edição anterior do PGE ano 2015. Estas não poderão participar.

Processo de seleção

O processo de seleção das escolas inscritas se dará em quatro etapas: Local, Estadual, Regional e Nacional. 

Nas etapas Local e Estadual, representantes do Consed e da Undime, em cada unidade da federação, serão responsáveis por selecionar os avaliadores e coordenar o processo seletivo em suas respectivas jurisdições, considerando os critérios descritos neste Edital.

De acordo com o edital, a qualquer momento do processo seletivo, os avaliadores poderão realizar visitas técnicas às escolas inscritas para verificar se as informações constantes na ficha de inscrição condizem com a realidade observada, sendo que, por ocasião dessas visitas, poderá ser solicitada a comprovação documental das informações.

Na etapa seguinte, os comitês regionais contarão com especialistas contratados pela Coordenação Nacional do Prêmio Gestão Escolar, que utilizarão como objeto de análise a ficha de inscrição elaborada pela escola. Ao final, na etapa nacional, a Comissão, composta por representantes das instituições parceiras e do Consed, por meio de voto direto, secreto e unipessoal, indicará a escola “Referência Brasil” a partir da análise da ficha de inscrição e de entrevistas com os diretores.

O PGE 2017 será concedido nas categorias “Escola Destaque Local” “Destaque Estadual/Distrital”, “Destaque Regional” e “Referência Brasil”. Além dos diplomas, haverá uma viagem de intercâmbio nacional para os representantes das escolas “Destaque Estadual/Distrital”, uma viagem de intercâmbio a um país da América Latina para os representantes das escolas “Destaque Regional” e “Referência Brasil”, além de um prêmio em dinheiro, no valor de R$ 30 mil, para a escola “Referência Brasil”.

Além do Ministério da Educação e da Undime, são parceiros do PGE 2017 Unesco, Fundação Roberto Marinho, Embaixada dos Estados Unidos da América, Instituto Unibanco, Fundação Itaú Social, Fundação Lemann, Instituto Natura, Gerdau, Fundação Santillana, Fundação Victor Civita e Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

Com informações da Secretaria de Educação do Acre