terça-feira, 24 de março de 2020

Acre é o primeiro estado a concluir o Censo Escolar

A etapa do Censo Escolar encerrada agora iniciou no mês de fevereiro deste ano Foto: Marcos Vicentti/Arquivo Secom
Há pouco mais de um mês, a equipe da Coordenação Estadual do Censo Escolar da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE) iniciou a coleta de informações da segunda etapa do Censo Escolar 2019.

Segundo o chefe da Divisão de Estudos e Pesquisas Educacionais da SEE, Martins Casas, “o Acre foi único estado da federação a encerrar com 100% esta coleta. É a quarta vez consecutiva que o estado consegue isso, inclusive na etapa anterior também. Vamos continuar conseguindo porque temos uma relação de responsabilidade mútua com as escolas”.

O Censo Escolar é a maior pesquisa nacional e da América do Sul no campo educacional, os dados coletados são utilizados para pesquisas e servem de base para o cálculo dos recursos destinados aos programas nacionais Alimentação Escolar, Livro didático, Transporte Escolar, Dinheiro Direto na Escola e para o Fundeb, o Fundo de Manutenção da Educação Básica.

A pesquisa é dividida em duas etapas: a da matrícula inicial, onde são levantadas informações referentes ao aluno, gestor, estrutura da escola, dentre outras; e a da situação final do aluno, como rendimento escolar, aprovação e reprovação e movimentação. Nesta fase, são considerados os dados apenas das escolas que concluíram as informações da matrícula inicial e que encerraram devidamente o ano letivo no sistema. É a partir daí que os dados servirão para os repasses financeiros do ano seguinte.

“Daí a importância de um acompanhamento e gerenciamento muito intenso e comprometido com os dados informados por todas as redes de ensino em cada etapa do censo. E vale lembrar que a coordenação estadual é responsável por esse processo nas redes federal, estadual, municipal e privada”, explica Jelsoni Calixto, coordenador estadual do Censo Escolar.

Ao todo, 1571 escolas informaram seus dados na primeira etapa, ainda em 2019. Nesta segunda etapa foram 1566. As quatro que não informaram é pelo fato de não ofertarem escolarização, mas apenas atividade complementar ou Atendimento Educacional Especializado (AEE). Para Calixto, “o sucesso do Censo Escolar é mérito das escolas e da equipe dos técnicos do setor, que não medem esforços para corrigir todas as inconsistências em tempo hábil”.

Secretário Mauro Cruz reafirma a importância do Censo Escolar Foto: Stalin Melo/Arquivo SEE
A abertura do Censo Escolar 2020 será no final do mês de maio. “O Censo Escolar é a primeira ação, dentre as mais importantes da Educação. É o começo de tudo, na verdade, sobretudo em relação a recursos a serem repassados pelo governo federal, por meio dos programas nacionais. Nossa equipe da SEE e também as equipes gestoras das escolas estão de parabéns. Em meio a esse momento tão conturbado e triste por conta dessa pandemia, é uma notícia que nos alegra, nos motiva e é também a demonstração de que a Educação não para”, afirma o secretário de Educação, Mauro Cruz.

AGÊNCIA/ACRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário