terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Mais de cinco mil vagas ainda estão disponíveis nas escolas da rede pública do Estado

Apesar do período de matrículas estar quase no fim, ainda há muitas vagas disponíveis nas escolas públicas estaduais. De acordo com o coordenador de Gestão de Rede da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), João Lima, se somadas, o número em todo o estado chega a mais de 5 mil.

“Nós temos vagas sobrando, são mais 5 mil vagas dentro da rede. Temos escolas que foram inauguradas há pouco tempo e que estão esperando por alunos”, afirma Lima.

Ainda há vagas em escolas localizadas em bairros vizinhos ao Centro da cidade (Foto: Mardilson Gomes/Arquivo SEE)
Ainda segundo o coordenador, a principal dificuldade na ocupação destas vagas é a preferência da maioria dos pais dos estudantes pelas escolas localizadas no centro da cidade. Essas instituições são as primeiras a serem procuradas e atualmente, nelas, não há mais vagas.

Por outro lado, ainda há espaço para novos alunos em escolas próximas ao centro, como é o caso da escola de Ensino Médio em tempo integral Humberto Soares e da escola de Ensino Fundamental I, Samuel Barreira.

Para reservar uma vaga, os interessados devem comparecer a Central de Matrículas, localizada na sede do Crie (prédio do antigo Mira Shopping) até o próximo dia 8 de fevereiro, das 8 às 12h e das 14 às 17 horas.
Escolas onde ainda há vagas


Antonia Fernandes > vagas manhã e tarde

Áurea Pires > 20 vagas

Ayrton Senna > 69 vagas manhã e tarde

Belo Jardim > 53 vagas manhã e tarde

Berta Vieira > 9 vagas, vagas Poronga e vagas na EJA

Carlos Casavechia > 20 vagas Poronga e vagas na EJA

Clarisse Fecury > 114 vagas

Clícia Gadelha > 44 vagas

Djalma Teles Galdino > 49 vagas e vagas na EJA

Dr. Floriano Peixoto > 19 vagas

Duque de Caxias > 120 vagas manhã e tarde

Elias Mansour > 102 vagas

Elozira dos Santos Thomé > 70 vagas e vagas na EJA

Francisco Salgado Filho > 87 vagas manhã e tarde

Frei Heitor Maria Turrini > 106 vagas manhã e tarde

Governador José Augusto > 68 vagas manhã e tarde

Iza Melo > 50 vagas

João Batista Aguiar > 9 vagas manhã e tarde

João Paulo I > 125 vagas manhã e tarde

João Paulo II > 28 vagas

Joelma de Oliveira Lima > 87 vagas

José Chalub Leite > 172 vagas manhã e tarde

Josué Fernandes > 11 vagas manhã e tarde

Leôncio de Carvalho > 75 vagas manhã e tarde

Lindaura Leitão > 145 vagas

Lourival Pinho > 165 vagas tarde e noite

Lourival Sombra > 20 vagas ensino médio

Luiza Batista de Souza > 229 vagas manhã e tarde

Madre Hildebranda > 172 vagas manhã e tarde

Maria Chalub Leite > 43 vagas, vagas Poronga e vagas Pronatec

Marilda Gouveia > 137 vagas

Marina Vicente > 34 vagas

Mozart Donizetti > 20 vagas manhã e tarde

Natalino da Silveira Brito > 137 vagas manhã e tarde

Pedro Martinelo > 44 vagas

Pimentel Gomes > 32 vagas

Raimunda Pará > 270 vagas tarde

Raimundo Borges > 126 vagas manhã e tarde

Raimundo Hermínio de Melo > 120 vagas

Ramona de Castro > 32 vagas manhã e tarde

Reinaldo Pereira > 93 vagas manhã e tarde

Samuel Barreira > 100 vagas

São Francisco de Assis > 52 vagas

Serafim da Silva Salvado > vagas na EJA

Tancredo de Almeida Neves > 53 vagas

Terezinha Miguéis > 167 vagas, vagas na EJA

Theodolina Falcão Macedo > 67 vagas

Zuleide Pereira > 59 vagas manhã e tarde, vagas Poronga, vagas na EJA

fonte: SEE

Matrículas na Educação de Jovens e Adultos estão abertas em 40 escolas da capital

Quem não concluiu o ensino fundamental ou o ensino médio tem uma nova chance de continuar os estudos em 2019. Estão abertas até o dia 28 de fevereiro as matrículas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), disponível em pelo menos 40 escolas de Rio Branco.

Também há vagas nas unidades educacionais do interior, basta procurar os núcleos-referência da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) e obter outras informações. Na capital o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) oferece a modalidade nos três turnos.

Hás vagas na Educação de Jovens e Adultos em escolas da capital e interior (Foto: Mardilson Gomes/SEE)
A modalidade é ofertada em módulos e o aluno conclui os ensinos fundamental I, II e médio em um espaço de tempo menor que o ensino regular, como explica o assessor pedagógico da coordenação de Educação de Jovens e Adultos da SEE, Jessé Dantas. “O aluno conclui o ensino fundamental I em um ano em meio, o fundamental II em dois anos e meio e o ensino médio em dois anos”, disse.

Podem se matricular na EJA pessoas com 15 anos ou mais e que por algum motivo não conseguiram concluir os ensinos fundamental ou médio na idade compatível. Para efetivar a matrícula é necessário apresentar cópias dos documentos pessoais e comprovantes de escolarização.

Fonte: SEE

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Educação tira dúvidas sobre uniformes escolares

Novos Uniformes foram apresentados nesta segunda-feira (Foto: Secom)
A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Diretoria de Ensino, tirou dúvidas no que diz respeito aos novos uniformes que serão utilizados somente a partir de 2020. O fardamento, juntamente com toda identidade visual do governo, foi apresentado pela secretária de Comunicação (Secom), Silvânia Pinheiro, na segunda-feira, 28.

As dúvidas em relação ao novo uniforme foram tiradas pela diretora de Ensino da SEE, professora Denise Santos. Segundo ela, para este ano de 2019, não haverá qualquer mudança e os alunos utilizarão os modelos que estão em vigor.

“Não haverá nenhuma cobrança por parte das escolas em relação aos novos uniformes. Tanto a classe empresarial precisa de um tempo para fazer as adequações, quanto as famílias precisam estar cientes disso e ter o tempo necessário para a aquisição das novas peças”, explicou.

Ainda de acordo com a diretora de Ensino, ainda irá acontecer uma reunião em relação a qual modelo será utilizado nos ensinos infantil, fundamental e médio.

Em relação ao início do ano letivo, Denise Santos confirmou para o dia 11 de março, tempo necessário para que o governo do Estado, por meio da SEE, realize e conclua alguns processos seletivos para a contratação de profissionais que atuarão nos 22 municípios acreanos.

Santos explicou também a respeito da identidade visual apresentada pelo governo. “Essa nova identidade visual apresentada pela equipe de governo com muito carinho, com muito zelo para a população acreana é para que todos se sintam inseridos dentro da proposta de uma visão de futuro, olhando para o amanhã, pois é um governo de todos e para todos”, afirmou.

Fonte: SEE

EM 2018, ESCOLA DJALMA BATISTA TEVE APROVAÇÃO DE 99,5% - DIRETOR IVONALDO FAZ BALANÇO FINAL DO PRIMEIRO ANO DO ENSINO INTEGRAL NO MUNICÍPIO



Em 2018, a escola Djalma Batista foi contemplada com o novo modelo de ensino do Acre que é a escola de tempo integral, sendo a primeira instituição da região do Vale do Tarauacá/Envira a receber o novo sistema. A educação integral representa uma ruptura do modelo tradicional de ensino. Ao mesmo tempo que provoca uma revolução no processo de ensino-aprendizagem, porque instiga e valoriza o desenvolvimento das competências e habilidades dos jovens do século 21.

As aulas apresentam a nova metodologia para os tarauacaenses com nova nova dinâmica de ensino, que não trata apenas de ampliar o tempo de permanência dos estudantes na escola, mas de repensar as práticas pedagógicas com o intuito de redimensionar o tempo e os espaços escolares. É uma escola voltada para os jovens e construída com os jovens, onde o protagonismo juvenil se destaca como centro do processo pedagógico. O aluno passa mais tempo na escola, mas ele também passa a escolher o que ele quer fazer. Além do currículo comum, o aluno poderá escolher os assuntos e projetos que deseja e que são pertinentes ao processo teoria e prática.

O Diretor Professor Ivonaldo faz um balanço positivo desse primeiro ano de experiência com educação em tempo integral.

Para Ivonaldo, quando família e escola educam com os mesmos critérios, as diferenças entre os dois ambientes se reduzem, e quem ganha é a criança. E nesse intuito nasce a escola em tempo integral, que vem somar com as habilidades já trazidas por nossos alunos.

Nela, há uma diferença enorme. A sala de aula é um ambiente de comunicação no qual pessoas com diferentes interesses e afinidades se encontram para aprender umas com as outras, somando em seu projeto de vida, usando as praticas laboratoriais, avaliação semanal, estudo orientado, pós médio e as eletivas que instruem o jovem a ir além. 

O professor não é mais o carrasco visto por todos os alunos. Ele passa a ser o tutor, aconselhador, ver o aluno como cidadão, pessoa, olho no olho, sorri e chorar com os jovens. Forma a roda familiar e com eles anuncia um mundo sobre sua visão de futuro.


Essa é a Escola Djalma da Cunha Batista, inserida entre as 11 escolas em tempo integral no estado do Acre e que hoje vem dar transparências em seus resultados.

Somos uma escola que em sua nova estrutura para o Ensino Integral, contamos com 26 professores, 23 servidores administrativos, 522 estudantes divididos em 14 turmas. Uma equipe gestora, que procura cada vez mais oferecer ensino de qualidade aos jovens estudantes.

Trazemos estampada visão de uma escola de qualidade e referência em Educação Integral no estado do Acre. Até 2024, vamos contribuir para uma formação acadêmica e humana efetivamente concreta, bem como, estimular os jovens estudantes a desenvolver competências e habilidades para o século XXI. 

Temos como Missão, constituir uma Instituição de Ensino de referência na oferta de educação em tempo integral no Ensino Médio, garantindo qualidade acadêmica, competências para o século XXI e formação em valores em consonância com as necessidades e interesses dos jovens, oferecendo condições para que construam seus Projetos de Vida, de forma competente, solidária e autônoma.

Neste ano de 2018 nossa aprovação de 99,5% do total dos alunos. Somente 0,5% dos alunos foram reprovados. 

A escola que "zerou" o numero de abandonos, devido o projeto “Caminhos da Escola”, e que aumentou de 22% em 2017 para 64% o numero de alunos acima do básico em 2018.

Lembramos que todos os esforços foram validos e as parcerias com a Polícia Militar, Corpos de Bombeiros e Conselho Tutelar, além do cuidado e preocupação que a família tem com os seus filhos e o zelo que esta instituição tem para com seus alunos, professores, funcionários e família. E nossos mantenedores como a SEE e o Governo, que muito contribuíram no suporte da qualidade do ensino e do ICE que nos ajudou muito em nome de nossa coordenação em Tarauacá e Rio Branco.

Gratos e juntos vamos construir uma escola bem melhor. De mãos dadas com nosso Governo e Secretaria de Estado de Educação e Esportes, Núcleo de Educação, Ministério Publico, Policia Militar, Conselho Tutelar e as famílias.

Professor José Ivonaldo Benigno
Diretor

fonte: Blog do Accioly

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

ACRE: Provas dos Processos Seletivos da Educação serão realizadas em turnos diferentes

Professores durante formação continuada oferecida pela Secretaria de Educação (Foto: Sérgio Vale/Arquivo Secom)
O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), banca responsável pela realização das provas do Concurso Público e Processos Seletivos da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), divulgou comunicados informando a divisão de turnos na realização das provas destinadas a selecionar professores e assistentes educacionais para atender a demanda da Coordenação de Educação Especial e Programa Asas da Florestania.

Na Educação Especial, os candidatos aos cargos de professor mediador, professor do atendimento educacional especializado, professor tradutor intérprete de Libras, professor de Libras e professor brailista farão as provas no turno da manhã. No turno da tarde farão as provas os candidatos que disputam vagas para os cargos de professor PS2 e assistente educacional.

No Asas da Florestania, professores do ensino médio nas áreas de linguagens, ciências humanas, matemática, ciências da natureza e educação física farão as respectivas provas no turno da manhã. A tarde será a vez dos candidatos ao cargo de professor P2 ensino fundamental.

Sendo assim, o Ibade informou que os candidatos poderão disputar vagas distintas, bastando apenas que os dias e horários de realização das provas não coincidam. Para a Educação Especial, as inscrições podem ser realizadas pelo endereço eletrônico www.ibade.org.br, até às 10 horas do próximo dia 3 de fevereiro.

FONTE: SEE

Novos uniformes valerão a partir de 2020, explica secretário de Educação


O Governo do Estado do Acre anunciou, na manhã desta segunda-feira, 28, a logomarca que será utilizada na gestão, que é o Brasão do Acre com o slogan “Visão de futuro, governo de todos”. Assim, se define não apenas a identidade visual, mas a proposta e a linha programática até 2022.

No que diz respeito aos uniformes escolares, o secretário de Educação, Cultura e Esportes (SEE), professor Mauro Sérgio Cruz, fez questão de explicar, contudo, que essa identidade visual será utilizada somente a partir de 2020 para não prejudicar o início do ano letivo.

“Esses modelos apresentados hoje não iremos, enquanto Secretaria, aderir ainda este ano, ele será estudado ao longo de 2019 para que a partir de 2020 a gente tenha um novo modelo para os alunos de todos os níveis de ensino”, explicou o secretário.

Na verdade, essa medida da SEE não causa impacto financeiro nem para as famílias, que ainda não se programaram para adquirir aos novos uniformes, nem para as malharias, que dar vazão aos estoques antigos.

“Deixaremos essa nova proposta de uniforme da rede para 2020 e, assim, a gente vai poder dialogar com toda a comunidade escolar, com os gestores e com as escolas no Estado do Acre inteiro”, afirmou o secretário.

Além do uniforme, o inicio do ano letivo foi acertado com as gestões escolares na medida em que o governo tem pela frente alguns processos seletivos. “A gente precisa, de certo modo, está respeitando todas as etapas desse processo e, por isso, achamos melhor iniciar no dia 11 de março, com todos os professores lotados e as escolas limpas e acolhedoras para receber os nossos alunos”, destacou.

Stalin Melo/Secom

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Formação Continuada é tema de palestra na Secretaria de Educação

A palestra foi voltada aos educadores dos departamentos da Diretoria de Ensino da Educação (Foto: Mardilson Gomes/SEE)
“A importância da formação docente em tempos de mudanças, desafios e perspectivas”, este foi o tema da palestra realizada no auditório da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Acre (SEE).

Segundo a palestrante, a pró-reitora de graduação da Universidade Federal do Acre (Ufac), Ednacelí Damasceno, o diálogo com os professores teve o objetivo de despertar a reflexão sobre as reais necessidades formativas dos educadores das escolas estaduais.
A palestra foi ministrada pela pró-reitora de Graduação da UFAC, Ednacelí Damasceno (Foto: Mardilson Gomes/SEE)
“Hoje foi um dia reflexão, de discussão sobre como é importante essa formação docente e, principalmente, quais são os desafios que estão presentes para formar esse professor nas escolas”, pontuou a palestrante.

De acordo com a diretora de Ensino, Denise Santos, o evento foi voltado para os assessores e coordenadores dos departamentos, para que eles tenham as ferramentas necessárias para o desenvolvimento dos trabalhos de formação dos professores da rede, neste primeiro semestre de 2019.

“Nós contamos com a expectativa das pessoas, da comunidade, das escolas, dos coordenadores e dos professores, por estamos vivenciando um período de transição. E como esse período traz o novo, nós queremos, além das questões de mudanças, levar para eles ferramentas que realmente contribuam para o trabalho que está sendo proposto”, explicou a diretora. (Fonte: SEE)

Central de Matrículas será instalada no CRIE nesta segunda

Interessados podem procurar o CRIE a partir desta segunda-feira.Foto: Arquivo
A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Coordenação de Matrículas, informa que a partir desta segunda-feira, 28, estará sendo instalado no Centro de Referência de Inovações Educacionais (CRIE), a Central de Matrículas que irá atender a comunidade.

Para realizar a matrícula, o interessado deverá procurar o Instituto de Matemática, Ciência e Filosofia (IMCF), localizado dentro do CRIE (antigo Mirashopping, no Centro da Cidade). A coordenadora de matrículas da SEE, professora Milla Oliveira, explica que esse momento é para os alunos novos.

Segundo ela, em todo o Estado estão sendo disponibilizados em torno de 5 mil vagas em todo Estado. “Lembramos que ainda existem vagas em diversas escolas da capital, inclusive para as escolas integrais, para as quais também estaremos recebendo essas matrículas”, explicou.

O horário de atendimento das matrículas é de 8h às 12h e das 14h às 17h, de segunda a sexta. Ainda de acordo com a coordenadora, a Central irá funcionar até o dia 8 de fevereiro. Já as matrículas da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que se iniciou na última segunda-feira (21), se estenderá até o dia 14 de fevereiro.

“Na Central estaremos disponibilizando todas as informações e orientações necessárias para que a pessoa possa realizar a matrícula dentro de cada zoneamento. Já nos municípios, as matrículas estarão sendo realizadas em cada núcleo de ensino da SEE”, informou Milla Oliveira.

Além dos alunos novos, a SEE já realizou a matrícula dos alunos em cada unidade escolar e também a transferência dos alunos de uma etapa de ensino para a outra por meio do Sistema Integrado de Monitoramento e Avaliação Educacional do Acre (Simaed).

Fonte: SEE